Geramos realizações artísticas inovadoras, dinamizadoras das comunidades e mobilizadoras de novos públicos, fruto de processos de criação experimentais e inclusivos, que alimentam uma linha de pesquisa e de criação de pensamento e de conhecimento.

Geramos realizações artísticas inovadoras, fruto de processos de criação experimentais e inclusivos, que alimentam uma linha de pesquisa e de criação de pensamento e de conhecimento.

Toggle offcanvas area

Cruzeta

Espetáculos / Novas Criações / Teatro

4 Dezembro 2022. 16h30.
Associação de Nogueira de Côta

Espetáculos / Novas Criações / Teatro

Cruzeta

Uma aldeia perdida no interior de Portugal.
Uma jovem fotógrafa brasileira que nunca saiu do seu país.
Uma beirã madura, filha da terra, apaixonada e generosa.
Um grupo de mulheres que têm uma canção para toda a ocasião.
Uma promessa feita a um avô antes de ele se apagar, numa tarde de calor insuportável.
Histórias do linho, de ciumeiras e de paixão.
Um misterioso embrulho.
Um segredo que ninguém quer desvendar.
Uma montanha russa de emoções e quase revelações.
Um cortejo e uma festa algures entre o sagrado e o pagão.
 
 
Estes são alguns dos ingredientes desta deliciosa “Cruzeta”, espectáculo que nasce do encontro entre as cantadeiras do Grupo Etnográfico de Várzea de Calde e a equipa da Cem Palcos.
Ao longo de três meses toda a comunidade desta aldeia tão especial do concelho de Viseu acolheu e alimentou um processo de criação, que tanto teve de feliz como de inspirador.
 
Ofereceram-nos chuchus e abóboras, mel e licor de mirtilo, castanhas e maçãs, broa de milho e marmelada caseira. Emprestaram cadeiras, capuchas e candeeiros de petróleo. Arranjaram galhos para o cenário e uma garagem para os ensaios. Confeccionaram saias e trouxeram chapéus. Passaram tardes inteiras a cozer mantas que elas próprias teceram em outros tempos para fazerem de chão para o nosso palco. E isto para não falar nas horas e horas de ensaios.
 
E acima de tudo deram o seu tempo, a sua alegria, a doçura das suas vozes, a água da sua fonte, as gargalhadas (e de vez em quando uma ou outra lágrima) que partilhamos nestes preciosos momentos que vivemos juntos.
 
Mais do que um espectáculo “Cruzeta” é um hino à vida, uma celebração da amizade e do amor em todas as suas formas. Uma festa.
 
O coro de “Cruzeta” é criado e interpretado, na sua génese, pelas mulheres do Grupo Etnográfico de Várzea de Calde. Posteriormente, em cada cidade, vila ou aldeia onde o espetáculo é apresentado o coro ganha uma nova vida e uma nova voz, sendo interpretado por um grupo de mulheres desse local, com idades compreendidas entre os 65 e os 85 anos.
 
Numa residência de 2 a 5 dias, na localidade de apresentação, as senhoras da comunidade trabalham com o encenador do espetáculo, que as prepara para darem voz e corpo ao coro. O produto final é um espetáculo interpretado sobretudo por maiores de 65 anos, com uma forte componente intergeracional, que se revela em todo o percurso da criação, expondo a interdependência como uma característica fundamental da existência humana.
DATAS

11 Novembro 2022. 20h00
Associação da Várzea

12 Novembro 2022. 21h00
Incubadora de Indústrias Criativas de Viseu

13 Novembro 2022. 16h00
Incubadora de Indústrias Criativas de Viseu

26 Novembro 2022. 17h00
Associação de Gumiei

27 Novembro 2022. 16h00
Salão Paroquial de São Pedro de France

4 Dezembro 2022. 16h30.
Associação de Nogueira de Côta.

DURAÇÃO

70 min.

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA

M/6+

FINANCIAMENTO

DGARTES / Ministério da Cultura, Município de Viseu – Eixo Cultura

PARCEIROS

Câmara Municipal de Ílhavo
Município de Seia
Teatro Municipal de Ourém

APOIO À PRODUÇÃO

Grupo Etnográfico de Várzea de Calde
Junta de Freguesia de Calde
Museu do Linho de Várzea de Calde

APOIO AO ACOLHIMENTO

Junta de Freguesia de Barreiros e Cepões
Junta de Freguesia de Côta
Junta de Freguesia de Ribafeita
Junta de Freguesia de São Pedro de France

Ficha artística e técnica

TEXTO ORIGINAL: Abel Neves
ENCENAÇÃO: Graeme Pulleyn
FIGURINOS E ESPAÇO CÉNICO: Filipa Malva
DIREÇÃO MUSICAL: César Prata
INTERPRETAÇÃO: Ilda Teixeira e Letícia Moro
PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: Grupo Etnográfico de Várzea de Calde – Brilhantina Vilar, Emília Bernardino, Engrácia Casal, Ermelinda Lourenço, Laura Filipe, Lúcia Fernandes Ferreira, Maria do Carmo Campos, Maria do Céu de Oliveira, Mariana Campos, Noémia Gonçalo Chaves, Virgínia de Jesus, Virgínia Maurício
DIREÇÃO TÉCNICA:
Cristóvão Cunha
DESIGN DE COMUNICAÇÃO, FOTOGRAFIA E VÍDEO: Luís Belo
DIREÇÃO DE PRODUÇÃO: Guida Rolo
ASSISTÊNCIA DE PRODUÇÃO: Sílvia Duarte
ASSISTÊNCIA TÉCNICA E APOIO À COMUNICAÇÃO: Filipa Fróis
ESTÁGIO: Diogo Correia
PRODUÇÃO: CEM Palcos
AGRADECIMENTOS: Associação de Várzea de Calde, Associação de Barreiros, Associação de Nogueira de Côta, Associação de Gumiei, Museu do Linho de Várzea de Calde, Paróquia de São Pedro de France, Graciano Oliveira, José Brás, José Joaquim da Costa e Leonel Caetano.

Bilhetes

Se tiver alguma dúvida, pode contactar-nos diretamente para bilheteira@cempalcos.com

ENTRADA GRATUITA
*espetáculos incluídos no protocolo de cedência da incubadora de indústrias criativas do centro histórico de Viseu